Arquivo da tag: Teoria da Literatura

“Bartleby, o escriturário”, de Herman Melville: crítica, resumo, encenação brasileira

Estive ontem na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, para assistir à encenação de Bartleby, o escriturário, de Herman Melville [Direção: João Batista; Cenografia: Doris Rollemberg; Elenco: Gustavo Falcão (Bartleby), Duda Mamberti (Advogado-narrador), Cláudio Gabriel (Turkey), Eduardo Rieche (Nippers), … Continuar lendo

Publicado em Crítica literária, Estética da recepção, Literatura norte-americana, Teatro, Teoria da Literatura | Marcado com , , , , , , , | 2 Comentários

Breve nota sobre “A teoria do romance”, de Lukács

    Em época de Natal, lembrança de um tempo de perfeição… A teoria do romance 1. Culturas fechadas  Nesta primeira parte de A teoria do romance, Lukács faz uso de uma linguagem um tanto quanto intrincada, às vezes lírica, para explicar … Continuar lendo

Publicado em Prosa, Teoria da Literatura | Marcado com , , | 4 Comentários

Wolfgang Iser – O processo da leitura

Esta tradução tem dez anos, e, como já não sei mais onde está o original (um dia o acho em meio a meus arquivos), publico-a sem dar garantia de acerto ou de extremo capricho na revisão. Trata-se, na verdade, de … Continuar lendo

Publicado em Estética da recepção, Reader-response criticism, Teoria da Literatura, Tradução, Translation | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Ainda se estuda “A estrutura do texto artístico”, de Iuri Lotman?

  Abaixo, uma anotação que fiz, ao final do século passado, sobre um capítulo de livro do já esquecido – creio eu – Iuri Lotman. Em tempo: espero terminar a análise do poema de Drummond, começada no mês passado e ainda incompleta. … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Prosa, Teoria da Literatura | Marcado com , , , | Deixe um comentário

“ ‘A máquina do mundo’ de Drummond” rediviva

Escrevo também para incautos. Por isso, alerto: o que está entre aspas simples, acima, é título de um poema. O que está entre aspas duplas é título de um ensaio de Merquior. O adjetivo que acrescento ao título do ensaio … Continuar lendo

Publicado em Crítica literária, Poesia, Poetas brasileiros, Teoria da Literatura | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Literatura e filosofia: prolegômenos [Parte 2]

Dando continuidade à apresentação do capítulo inicial de minha tese (ver a postagem do mês de novembro, neste site), apresento o subcapítulo em que trato da distinção entre o escritor de ficção e o filósofo. Para tanto, talvez inusitadamente, Heidegger e … Continuar lendo

Publicado em Filosofia, Literatura, Poesia, Teoria da Literatura | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Literatura e filosofia: prolegômenos [Parte 1]

   Nota: Apresentarei aqui, aos poucos, parte do capítulo inicial de minha tese, defendida em 2007 no Instituto de Letras da UFRGS. A tese tem como título “Jornada rumo ao crepúsculo: uma leitura nietzschiana de Moby-Dick”. “Crepúsculo” diz respeito ao “Crepúsculo … Continuar lendo

Publicado em Filosofia, Literatura, Poesia, Teoria da Literatura | Marcado com , , , , , | 2 Comentários