Arquivo da tag: Silêncio

Inspirado em Pascal, Pensamentos 139 e 339

 Contentar-se em fazer, fazer e fazer, em não silenciar, em jamais parar. É esse o espírito da materialidade rasteira que governa os espíritos de homens que apenas constroem com as mãos – e em última análise para o estômago – objetos bem … Continuar lendo

Publicado em Filosofia, Reificação, Viagem | Marcado com , , , | Deixe um comentário

A música

A música, somente ela, isto é, a música sem letra, desprovida de um objetivo mais racional, é a que nos leva mais longe. Talvez porque contenha em sua forma o próprio conteúdo. Naquele sentido de revelação quase metafísica da verdade (ecos heideggerianos … Continuar lendo

Publicado em Linguagem, Música, Silêncio | Marcado com , , | 2 Comentários

Linguagem é linguagem

  Somente pela linguagem é que a linguagem se institui. O poder de uma palavra ou de uma frase é amplo e acata diversos sentidos. Vulgarmente, as palavras não expressam mais do que a imediatidade do mundo ôntico. Somente aqueles que trabalham … Continuar lendo

Publicado em Filosofia, Linguagem | Marcado com , , | Deixe um comentário