Arquivo da tag: Escrever

Sobre a arte de não escrever

Já disse, alhures, aqui mesmo, neste site, que, hoje em dia, há mais escritores do que leitores. (A presença das vírgulas no período acima visa a fazer com que o leitor leia o texto lentamente. A ausência de vírgulas no … Continuar lendo

Publicado em Escritores, Escritores brasileiros, Jornalismo, Linguagem | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

O sintético caráter de Graciliano Ramos em “Memórias do Cárcere”

Uma leitura tardia – atrasada, portanto – que decidi fazer foi a de “Memórias do Cárcere”, de Graciliano Ramos. É lugar-comum considerar o autor alagoano mestre. Os períodos curtos, a concisão são características suas, sempre almejadas. Graciliano é o escritor … Continuar lendo

Publicado em Biografia, Escritores brasileiros, Literatura Brasileira, Teoria da Literatura | Marcado com , , , | Deixe um comentário

O que é escrever (para mim, é claro)

  Quando em mim havia maior capacidade de indignação, escrevia, metade colérico, metade sereno. Hoje, simplesmente, não há tempo para escrever. Escrever demanda um certo ímpeto, respeito pela palavra. Atualmente se escreve tanto – e tão ao gosto obtuso de seres … Continuar lendo

Publicado em Linguagem, Tempo | Marcado com , , | Deixe um comentário

Uma tradução de Melville

Da série “Traduções prazerosas”: Trecho de carta de Melville a Hawthorne. O texto é de 1851. Em primeiro plano, o original (em preto) e, logo abaixo, minha tradução (em azul). A seguir, na cor verde e em frases numeradas, um comentário informal das escolhas formais … Continuar lendo

Publicado em Tradução | Marcado com , , , | 4 Comentários

Por que escrever na Internet?

Nem todas as pessoas que escrevem em meio eletrônico são modernas, ou melhor, pós-modernas (leia-se “confusas e egocêntricas”) o bastante a ponto de transformarem a Internet em jogo efêmero e tolo de citações (quase sempre auto-encomiásticas) dignas de adolescentes débeis. Não se sentem … Continuar lendo

Publicado em Internet | Marcado com , | Deixe um comentário