Antes e depois, sempre

imp809s2

É claro que sabemos tudo sobre o depois, e nada sobre o antes. Ali, no nada sobre o antes, construímos nossa filosofia. A consciência é dependente do tempo; o tempo, da consciência. Antes do homem, o que havia? E depois, o que haverá? Havia tempo antes de nossa consciência existir? Haverá tempo depois de ela acabar? Extinta nossa consciência, o mundo não se extingue. Quando morre alguém, o mundo permanece. Resta saber o que ocorrerá quando o nosso sol esgotar-se e, com ele, nós mesmos e nossas palavras. Quero dizer: todos nós e todas as nossas palavras.

Texto escrito em 15/01/2007
Anúncios
Esse post foi publicado em Filosofia e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s