Linguagem é linguagem

 

lq2

Somente pela linguagem é que a linguagem se institui. O poder de uma palavra ou de uma frase é amplo e acata diversos sentidos. Vulgarmente, as palavras não expressam mais do que a imediatidade do mundo ôntico. Somente aqueles que trabalham com a linguagem sob o crivo hermenêutico é que de fato partem para o ontológico. Uma das grandes saídas para compreender mais profundamente o que se diz é, paradoxalmente, optar pelo silêncio. Começa por cortar vínculos com o mundo publicitário em que vivemos e com a já velha e esclerosada televisão. Os jornais e revistas resistem mais: há o receio de que percamos novidades quase sempre repetidas. Mas o mais difícil mesmo é abdicar do liquidificador da Internet.

Texto escrito em 18/4/2005
Anúncios
Esse post foi publicado em Filosofia, Linguagem e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s