Translating Melville / Traduzindo Melville

pierre northw

greylock

See below my translation into Portuguese for the dedication of the novel “Pierre, or the ambiguities”.

Abaixo, minha tradução para a dedicatória do romance “Pierre,  or the ambiguities”.

TO

Greylock’s Most Excellent Majesty.

Para Greylock

 e a sua mais excelente Majestade.

In old times authors were proud of the privilege of dedicating their works to Majesty. A right noble custom, which we of Berkshire must revive. For whether we will or no, Majesty is all around us here in Berkshire, sitting as in a grand Congress of Vienna of majestical hill-tops, and eternally challenging our homage.

Antigamente, os autores sentiam-se orgulhosos do privilégio de dedicar suas obras a alguma Majestade. Costume nobre e correto, que nós das Berkshires devemos reviver. Queiramos ou não, a Majestade está em toda a volta aqui nas Berkshires, sentada como em um grande Congresso de Viena de majestosos cumes, e provocando eternamente nossa homenagem.

 But since the majestic mountain, Greylock–my own more immediate sovereign lord and king–hath now, for innumerable ages, been the one grand dedicatee of the earliest rays of all the Berkshire mornings, I know not how his Imperial Purple Majesty (royal-born: Porphyrogenitus) will receive the dedication of my own poor solitary ray.

Mas já que o majestoso monte Greylock – meu próprio e mais imediato soberano senhor e rei – tem sido, há incontáveis eras, o único grande homenageado de todos os primeiros raios matinais das Berkshires, não sei como sua Majestade Imperial e Purpúrea (nascido na realeza: Porphyrogenitus) receberá a dedicatória de meu pobre e solitário raio.

 Nevertheless, forasmuch as I, dwelling with my loyal neighbors, the Maples and the Beeches, in the amphitheater over which his central majesty presides, have received his most bounteous and unstinted fertilizations, it is but meet, that I here devoutly kneel, and render up my gratitude, whether, thereto, The Most Excellent Purple Majesty of Greylock benignantly incline his hoary crown or no.

_Pittsfield, Mass._

Não obstante, por ter eu, morando com meus leais vizinhos, os Bordos e as Faias, no anfiteatro presidido pela centralidade de sua majestade, recebido suas mais generosas e irrestritas fertilizações, nada mais adequado que aqui devotamente me ajoelhe e lhe ofereça minha gratidão – incline-se-me ou não bondosamente sua respeitável coroa essa mais excelente e purpúrea Majestade de Greylock.

 Pittsfield, Massachusetts

Anúncios
Esse post foi publicado em Literatura norte-americana, Tradução, Translation e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s